Observatório COVID-19: Pesquisa semanal indica falta de leitos de UTI em 768 municípios

Em pelo menos 768 municípios do país há pacientes infectados pela COVID-19 em estado grave, aguardando por leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

A pesquisa semanal da Confederação Nacional de Municípios (CNM), realizada de 05 a 08 de abril, mostra que, nessas localidades, 72,4% aguardam leitos em hospitais, 26,2% em Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) e 11,7% em hospitais de campanha.
Mais de 3,1 mil municípios participaram da pesquisa.

A sondagem mostrou, ainda, que, em 1.207 localidades brasileiras, existe o risco iminente de faltar medicamentos do chamado kit intubação.
Nas duas pesquisas anteriores, 1.316 e 1.141 prefeituras estavam na mesma situação.

Já o risco de faltar oxigênio ocorre em 589 municípios que participaram do levantamento da CNM, contudo, 80,8% dos pesquisados afirmaram não ter esse problema descreve informação do portal virtual da Confederação na internet.