Ministério da Saúde recomenda isolamento social nas redes sociais, mas apaga post

Após postar que não existe medicamento contra a covid-19 e afirmar que a maior medida de combate é o isolamento social, o Ministério da Saúde excluiu a publicação feita pelas redes sociais, nesta quarta-feira (18/11).

A orientação vai de encontro ao defendido publicamente pelo presidente Jair Bolsonaro que, contrariando as recomendações técnicas, tem afirmado que é necessário se expor ao vírus. Menos de uma hora depois, a mensagem foi retirada do ar. Fontes consultadas pelo Correio confirmam que a resposta desagradou o Palácio do Planalto

A mensagem da pasta veio em tréplica à resposta de um internauta, que comentou “azitromicina” na publicação do ministério que recomendava procurar uma unidade de saúde ao identificar quaisquer sintomas do novo coronavírus. “Quanto mais cedo começar o tratamento, maiores são as chances de recuperação”, dizia a publicação a qual o internauta reagiu.

A azitromicina é um antibiótico usado no tratamento de pneumonia bacteriana. O medicamento está incluso no protocolo do Ministério da Saúde que orienta tratamento de pacientes adultos com sintomas leves, moderados e graves da doença, juntamente com a cloroquina. Apesar da orientação da pasta, estudos não comprovam a eficácia dos medicamentos no tratamento da covid-19.

Correio Braziliense