“Mergulhei de máscara para não pegar covid nos peixinhos”, diz Bolsonaro

Sérgio Lima/Poder360

Com o Brasil próximo de 200 mil mortes por causa da covid-19, o presidente Jair Bolsonaro ironizou nessa 2ª feira (4.jan.2021) o uso de máscaras –uma das medidas para conter a disseminação do novo coronavírus.

Ao conversar com um grupo de apoiadores na entrada do Palácio do Alvorada, Bolsonaro disse que, ao mergulhar no mar, em Praia Grande (SP), usou o equipamento para “não pegar covid nos peixinhos”.

Sabia que o tio estava na praia nadando de máscara? Mergulhei de máscara também, para não pegar covid nos peixinhos”, disse o presidente.

Bolsonaro se referiu a um passeio que fez de lancha em Praia Grande, litoral paulista, em 1º de janeiro. Com a praia lotada, pessoas se aglomeraram para ver o presidente. Em determinado momento, Bolsonaro mergulhou e nadou em direção da aglomeração.

A fala de Bolsonaro foi feita no momento em que o Brasil se aproxima dos 200 mil mortos por covid-19. Até as 18h30 dessa 2ª feira (4.jan), o Brasil Brasil registrava 196.561 mortes pela doença, de acordo com o Ministério da Saúde. A média de mortes diárias está acima de 600 desde 8 de dezembro de 2020.

Só os Estados Unidos têm mais vítimas que o Brasil. Eram 362.123 mortos até as 9h15 desta 3ª (5.jan), segundo o Worldometers.

Fonte: poder 360