Falso médico atendeu pacientes em 11 unidades de saúde do RJ e chegou a cobrar por atestado

Falso médico Berg Saldanha trabalhou em 11 unidades de saúde — Foto: Reprodução/TV Globo

O falso médico Itamberg Saldanha, que usava a identidade de um outro doutor, trabalhou em pelo menos 11 unidades de saúde. Berg, como era chamado, foi preso em flagrante na terça, quando dava plantão na UPA de Realengo.

A Polícia Civil afirma que ele abriu uma conta bancária com o nome do verdadeiro médico, além de ter dado atestados de óbito e tratado cerca de 3 mil pacientes.

No condomínio onde mora, em Campo Gramde, ele chegou a cobrar de R$ 40 a R$ 60 por consultas rápidas. “No condomínio é necessário o atestado pra utilização da piscina e como ele se apresentou como médico pra todo mundo, todos os moradores o conheciam como médico, ele acabou oferecendo esse atendimento para os atestados cobrando um valor por esses atestados e muitas pessoas fizeram acreditando que ele fosse um médico clínico geral”, disse um morador.

Em uma foto marcada no Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Saracuruna, o falso médico escreve a um seguidor que tem uma vaga na Clínica da Família na Penha. Em 2019, o farsante trabalhou em uma Clínica da Família em Rio das Pedras e registrou o dia com os colegas.

Do G1 RJ