Enfermeira de Mossoró ajuda Manaus a enfrentar a pandemia

Uma enfermeira mossoroense está na linha de frente de combate ao novo coronavírus em Manaus, capital do estado do Amazonas.

Diretora de Enfermagem do Hospital Celina Guimarães, unidade de atendimento do Hapvida em Mossoró, Ilnara Uchôa chegou a Manaus no último dia 17 de janeiro para gerenciar um Hospital de Campanha exclusivo para Covid-19.

Com Manaus vivendo o pico da segunda onda da pandemia, a enfermeira revela que o maior desafio é emocional. “Tá todo mundo dando sangue para salvar vidas!”. Ilnara Uchôa admite que sentiu medo quando recebeu a missão para atuar na região mais afetada pela Covid-19 no Brasil neste momento. Mas o medo deu lugar à esperança. “Eu não sabia o que ia encontrar. Estamos no olho do furacão. Mas eu sabia que daria o meu melhor por cada paciente que me propus a cuidar, e o trabalho de cada profissional que está aqui é motivo de esperança para vencer essa terrível pandemia.”, ressalta.

Em Manaus (AM), o Sistema Hapvida não para de investir. Além dos mais de 700 profissionais contratados temporariamente, a operadora possui uma rede verticalizada, que permite monitoramento, previsibilidade e planejamento para garantir o acesso à saúde. Desta forma, é possível ampliar leitos, sempre que for necessário. Com este modelo, o cliente ganha mais em segurança e qualidade. No estado do Amazonas são três hospitais, três prontos atendimentos, sete clínicas e cinco unidades de imagem e laboratório para atendimento.