Enfermeira de 54 anos do Emílio Ribas s a 1ª a receber dose da Coronavac

Uma enfermeira negra do hospital Emílio Ribas, em São Paulo, que está há oito meses na linha de frente do combate ao coronavírus, é a primeira brasileira a receber neste domingo (17) uma dose da vacina Coronavac.

O uso emergencial da vacina foi aprovado por unanimidade pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Trata-se de Mônica Calazans, de 54 anos, moradora de Itaquera (Zona Leste de São Paulo), com perfil de alto risco para complicações da Covid-19. Ela é obesa, hipertensa e diabética. Ela recebeu a vacina no Hospital das Clínicas, onde o governador João Doria fez um pronunciamento.

Além da Coronavac, a Anvisa aprovou o uso emergencial da vacina de Oxford.