Dados preliminares apontam queda na demanda por UTI para idosos acima de 85 anos, diz governo

Idoso recebendo vacina no Centro Comunitário da Paz Escritor Ariano Suassuna, no bairro do Cordeiro, no Recife — Foto: Genival Paparazzi/Photopress/Estadão Conteúdo

Um levantamento da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE) mostrou uma diminuição no número de solicitações de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para idosos com mais de 85 anos com Covid-19 no estado após o início da vacinação. Os dados são preliminares e apontaram, também, para uma redução de casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (Srag).

De acordo com SES-PE, foram 15 pedidos por UTI a menos entre a segunda semana de fevereiro, quando foram 51 registros, e a última semana desse mesmo mês, que contou com 36, uma diminuição de 29%.

Os dados preliminares da secretaria também apontaram que, na última semana de janeiro foram registrados 71 casos de Srag nessa faixa etária, enquanto na última semana de fevereiro foram 53 casos, redução de cerca de 25%.

“São dados ainda preliminares, mas são dados animadores, que nos dão esperança de que a vacina poderá, sim, fazer a diferença”, declarou o secretário estadual de saúde, André Longo.

No Recife, a vacinação de idosos acima de 85 anos teve início em 26 de janeiro deste ano. Esse grupo prioritário recebeu a primeira dose da vacina Oxford/AstraZeneca, que necessita de uma segunda dose em até três meses para completar a imunização.

G1 Pernambuco