Covid-19 já matou pelo menos 37 prefeitos no Brasil

De 27 de março de 2020 até esta 5ª feira (22.abr.2021), pelo menos 37 prefeitos já morreram pela covid-19, doença respiratória causada pelo novo coronavírus, ou por complicações desencadeadas por ela. Todos eram homens, de idades que variavam de 35 a 79 anos, e chefiavam municípios de 19 Estados diferentes segundo levantamento do Poder360 com informações da FNP (Frente Nacional de Prefeitos).

O prefeito de São José do Divino (PI), Antônio Felícia (PT), 56, foi a 1ª vitíma da covid-19 entre os prefeitos e em seu Estado. Ele tinha diabetes e morreu em 27 de março, no Hospital Municipal Dr. José de Brito Magalhães, em Piracuruca. O município fica a 233 km de Teresina.

A vítima mais recente é o prefeito de Coxilha (RS), Ildo Orth (PP), de 65 anos, que morreu na 2ª feira (19.abr.2021). Eleito em Coxilha 3 vezes, o produtor rural, que morava na cidade há mais de 30 anos, estava internado no Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo. Ele testou positivo para coronavírus em 28 de março, quando iniciou acompanhamento médico.

São Paulo é o Estado com mais prefeitos mortos pela covid. Foram 9 desde o início da pandemia.

O mais recente foi o prefeito de Taguaí, Jair Cariovaldo Carniato (PTB), de 62 anos, que morreu na 6ª feira (16.abr) depois de 18 dias internado com sintomas graves da doença. Carniato estava à frente da prefeitura da cidade pela quarta vez e já havia sido vereador por dois mandatos.