Covid-19: Em meio à pandemia, politização da vacina continua em alta

Em matéria de politizar a pandemia da Covid-19, a governadora Fátima Bezerra (PT) vem demonstrando rara competência. Hoje, ela convocou uma coletiva para dizer que a culpa pela falta de segunda dose da Coronavac é da Prefeitura de Natal. Isso, no mesmo dia em que o ministro Marcelo Queiroga disse, em audiência no Senado, que os Estados e municípios foram instados a usar as doses enviadas como reforço para adiantar a vacinação pelo próprio Ministério da Saúde, nas notas técnicas que emitiu em março, confiante que a produção do Butantã iria atender a demanda.

O erro da prefeitura de Natal também atingiu Mossoró, que este final de semana teve falta do imunizante chinês para a segunda dose e várias capitais como Vitória, Macapá, Boa Vista, Maceió e João Pessoa, que conseguiu na justiça o envio de mais doses pelo Ministério da Saúde.

Uma coisa não dá para entender. Se existe uma reserva técnica e não é para usar num momento desses, é para usar quando?