Com 31 doses aplicadas a cada 100 pessoas, Brasil é 55º no ranking global

Com 65,2 milhões de vacinas contra a Covid-19 administradas, equivalente a 31 doses a cada 100 habitantes, o Brasil ocupa o 55º lugar no ranking mundial de vacinação, em números proporcionais, segundo dados do The New York Times. Em números absolutos, o país encontra-se na 4ª posição. Mas isso não significa que a situação brasileira seja boa ou confortável.

Esse volume de vacinas foi suficiente para imunizar parcialmente – com a primeira dose – 21% da população. Os totalmente imunizados, aqueles que já receberam as duas dose de uma das vacinas aplicadas no país – Oxford-AstraZeneca, Pfizer-BioNTech ou CoronaVac – correspondem a apenas 10% dos habitantes.

No mundo, mais de 1,81 bilhão de doses já foram administradas, equivalente a 24 doses a cada 100 pessoas. No entanto, existe uma grande lacuna entre o avanço da vacinação nos diferentes países. Por exemplo, em números proporcionais, estão em situação melhor que o Brasil países como Emirados Árabes (128 doses a cada 100 habitantes), Israel (117 doses a cada 100 habitantes), Chile (95 doses a cada 100 habitantes), Reino Unido (94 doses a cada 100 habitantes), Estados Unidos (88 doses a cada 100 habitantes), Uruguai (78 doses a cada 100 habitantes), Canadá (59 doses a cada 100 habitantes), Alemanha (58 doses a cada 100 habitantes), Espanha (55 doses a cada 100 habitantes), Itália (55 doses a cada 100 habitantes), Portugal (53 doses a cada 100 habitantes) e França (51 doses a cada 100 habitantes).

Com desempenho pior ao brasileiro, estão Argentina (26 doses a cada 100 habitantes), Rússia (19 doses a cada 100 habitantes), México (22 doses a cada 100 habitantes), Colômbia (18 doses a cada 100 habitantes), Austrália (15 doses a cada 100 habitantes), Índia (15 doses a cada 100 habitantes), Bolívia (14 doses a cada 100 habitantes), Peru (11 doses a cada 100 habitantes), Japão (8,9 doses a cada 100 habitantes) e África do Sul (1,2 doses a cada 100 habitantes).

Considerando os números absolutos da vacinação, a China é líder no ranking, com 584,3 milhões de agulhadas já administradas contra a Covid-19. Os Estados Unidos ficam em segundo lugar, com 290,7 milhões de doses aplicadas e a Índia em terceiro, com 201,2 milhões de vacinas.

Atualmente, 15 vacinas tiveram seu uso aprovado no mundo de forma ampla ou limitada. Destas, a mais usado é a Covishield, nome da vacina desenvolvida pela parceria Oxford-AstraZeneca, atualmente aplicada em 170 países, incluindo o Brasil. Em segundo lugar está o imunizante ComiRNAty, da Pfizer-BioNTech, em 103 países, e o da Sinopharm, disponível em 51 países.

Fonte: Veja