Candidatos milionários recebem auxílio emergencial

Segundo levantamento do Globo, ao menos 298 candidatos a vereador e prefeito que declararam ter mais de R$ 1 milhão em bens receberam auxílio emergencial.

O jornal carioca cita o caso de um candidato a vereador em Itapetininga (SP) que declarou um patrimônio de R$ 6,4 milhões.

Dono de um shopping e de um escritório de advocacia, João Ricardo Baracho Navas, do PP, disse que pediu o benefício porque “está tudo parado”.

“Não tenho renda nenhuma. Meus imóveis, que são de locação, não estão funcionando, e meu escritório está parado. Tenho quatro filhos para criar. Não é fácil. Nessas épocas de crise, o patrimônio gera até despesas, porque tem que mandar funcionário embora. Demitimos todo mundo.”

O Antagonista