Bolsonaro e o efeito colateral causado por Lula

Foi só o ex-presidente Lula botar a cabeça de fora para o presidente Bolsonaro dar uma freada nele próprio.

E de cara – hipocrisia pouca é bobagem – apareceu de máscara em uma cerimônia no Palácio do Planalto.

Do início de fevereiro para cá Bolsonaro participou de 36 cerimônias e não usou máscara em nenhuma delas. Nem ele nem os auxiliares obedientes.

Bolsonaro chegou a dizer até que máscara causava efeitos colaterais.

Lula, pelo jeito, foi o efeito colateral causado a Bolsonaro, que teve que se render ao que criticava há uma semana. Daqui pra frente Bolsonaro vai adotar o mesmo discurso de Lula.

Thaisa Galvão