Brasil registra média móvel de 1.629 mortes por Covid na última semana; total passa de 473,4 mil

O Brasil registrou 866 mortes por Covid-19 nas últimas 24 horas, totalizando neste domingo (6) 473.495 óbitos desde o início da pandemia. Com isso, a média móvel de mortes nos últimos 7 dias chegou a 1.629. Em comparação à média de 14 dias atrás, a variação foi de -13% e indica tendência de estabilidade nos óbitos decorrentes do vírus.

É o 19º dia seguido de estabilidade nessa comparação. Isso significa que o ritmo atual tem se assemelhado mais a um platô do que a uma queda ou a um aumento na curva, e isso em patamar bastante elevado.

Os números estão no novo levantamento do consórcio de veículos de imprensa sobre a situação da pandemia de coronavírus no Brasil, consolidados às 20h deste domingo. O balanço é feito a partir de dados das secretarias estaduais de Saúde.

São agora 27 dias com a média de mortes abaixo da marca de 2 mil. De 17 de março até 10 de maio, foram 55 dias seguidos com essa média acima de 2 mil. No pior momento desse período, a média chegou ao recorde de 3.125, no dia 12 de abril.

Quatro estados aparecem com tendência de alta nas mortes: TO, AC, MS, PE.

O estado de Roraima não teve atualizações no número de óbitos. Segundo a secretaria, os municípios não alimentam o sistema de registro de mortes aos finais de semana.

Em casos confirmados, desde o começo da pandemia 16.946.100 brasileiros já tiveram ou têm o novo coronavírus, com 41.114 desses confirmados no último dia. A média móvel nos últimos 7 dias foi de 61.912 novos diagnósticos por dia. Isso representa uma variação de -6% em relação aos casos registrados em duas semanas, o que indica tendência de estabilidade também nos diagnósticos.

Do G1

Qual sua opinião?