Prefeito de Lajes está perto de ter mandato cassado

Prefeitura de Lajes-foto reprodução

As coisas não andam calmas em Lajes, município da região Central. Um pedido de cassação do mandato do prefeito do município, Felipe Menezes (MDB), está tramitando em uma comissão processante na Câmara de Vereadores da cidade. A denúncia apresentada pelo advogado Dr. Rosenildo Silva aponta que gastos foram feitos fora do orçamento anual, levando prejuízo aos cofres públicos municipais.

O colegiado, presidido pelo vereador Nildo Félix (Republicanos), investiga, entre os pontos, movimentos fora do orçamento na ordem de R$ 44,9 milhões. A conduta do prefeito Felipe Menezes está sendo comparada por especialistas contábeis e jurídicos, além de atuais vereadores com mandato e ex-vereadores com real conhecimento no assunto, com a da presidenta Dilma Rousseff (PT), que teve o “impeachment” por “pedalada fiscal”.

Hoje haverá uma nova audiência para discutir o prosseguimento do processo na Casa Legislativa lajense.
Nos próximos dias, é provável que, diante da comprovação dos fatos, a relatoria do processo mantenha parecer pedindo a cassação do prefeito, sendo levado ao plenário para ser votado pelos demais parlamentares. O pedido de impeachment do prefeito Felipe Menezes, para ser aceito, deverá receber o voto de pelo menos 6 dos 9 vereadores. Vamos acompanhar o caso.

Da Coluna de Saulo Spinelly/AGORA RN

Copy link