Mar já subiu 20cm no litoral de São Paulo, mostra estudo da USP

Divulgação/Prefeitura de Santos

Um estudo do Instituto Oceanográfico da Universidade de São Paulo (USP) aponta que o mar já subiu pelo menos 20 centímetros no litoral de São Paulo desde o início da série histórica, nos anos 1950. O problema, mais uma consequências das mudanças climáticas, tem feito cidades litorâneas desenvolverem técnicas para conter esse avanço.

Trabalho do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC, na sigla em inglês) já indicava essa tendência em 2019. De acordo com a pesquisa, o aquecimento global tem aumentado a temperatura dos oceanos e o derretimento das geleiras e dos mantos de gelo nas regiões polares e montanhosas do planeta.

Essa combinação de fatores, mostra o levantamento do IPCC, tem levado a um aumento do nível do mar e, consequentemente, da frequência e intensidade dos eventos extremos costeiros, como as inundações.

Em novembro, outro estudo, desta vez divulgado pela Organização das Nações Unidas (ONU), mostrou que cidades como Santos podem perder mais 5% de sua área habitável até 2050, daqui a 26 anos.

Metrópoles