Cão bombeiro que participou de buscas em Brumadinho é adotado e vira ‘recepcionista’ de clínica veterinária

Cão que participou de buscas por corpos em Brumadinho, MG, é ‘recepcionista’ de clínica veterinária, na PB — Foto: Reprodução

O cão Shogun que participou das buscas por corpos de vítimas do rompimento da barragem da Vale em Brumadinho, Minas Gerais, atualmente é “recepcionista” de clínica veterinária em Campina Grande, no Agreste da Paraíba. Nesta quinta (25), completou cinco anos da tragédia que matou 272 pessoas — 267 delas identificadas.

De acordo com o tutor de Shogun, o major Edson Ferraz do Corpo de Bombeiros da Paraíba, o cão é levado todos os dias para uma clínica veterinária no bairro do Catolé, na zona sul de Campina Grande, onde sua esposa é proprietária, e o Shogun aproveita para interagir com as pessoas e pets no local.

“Brincamos dizendo que ele [Shogun] é recepcionista [da clínica]. Todos são apaixonados por ele porque ele adorava ficar na frente com as pessoas. Ama ficar no ar-condicionado da recepção”, explicou o tutor.

Shogun é um cão da raça labrador, se aposentou com nove anos de idade, no ano de 2022, e, no mesmo ano, recebeu uma homenagem numa solenidade de aposentadoria do cão, no Centro de Convenções, em João Pessoa. Após a carreira no Corpo de Bombeiros, ele foi adotado pelo major Edson Ferraz e está com 11 anos de idade.

Fonte: g1 PB