Prefeitura na PB é investigada por fazer manutenção em sucatas e abastecer veículos sem motor

Uma das sucatas, sem motor, que tem registros recentes de abastecimento por parte da prefeitura de Alhandra — Foto: Divulgação/Polícia Civil

A Prefeitura de , na Grande João Pessoa, foi alvo de uma operação da Polícia Civil e do Ministério Público da Paraíba (MPPB) que apura desvio de recursos públicos e fraudes envolvendo o abastecimento e a manutenção de veículos oficiais no município.

Quatro mandados de busca e apreensão foram cumpridos nesta quinta-feira (10).

Segundo investigadores da Delegacia de Combate à Corrupção (Deccor) e do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do MPPB (Gaeco/PB), os crimes estariam sendo realizados por um grupo instalado na prefeitura, entre os anos de 2021 e 2023.

Durante as investigações, foram detectados pagamentos referentes a manutenção de veículos, que não foram feitas uma vez que os veículos em questão eram sucatas sem uso pela prefeitura. Além disso, também foram registrados abastecimentos de combustíveis em veículos que não tinham motor ou que já haviam sido leiloados.

g1 tentou falar com a assessoria de comunicação da Prefeitura de Alhandra, mas as ligações não foram atendidas. Uma equipe de reportagem da TV Cabo Branco também tentou falar com o secretário de Transportes do município, Clóvis Ferreira, mas ele se recusou a dar entrevistas.

Do g1 PB