PF investiga fraudes contra a Caixa Econômica agência João Câmara no RN que chegam a R$ 470 mil

A Polícia Federal deflagrou a Operação Tarjetas para apurar fraudes cometidas contra a Caixa Econômica Federal, Agência João Câmara (RN), e que consistia na utilização de documentos falsos para abertura de contas, contratação de cartões de crédito e tomada de empréstimos pessoais em detrimento da instituição financeira.

Os prejuízos da Caixa chegam a R$ 470 mil reais e beneficiaram principalmente três mulheres apontadas como responsáveis pela falsificação de documentos. As medidas de busca e apreensão estão sendo cumpridas em endereços residenciais nas cidades de  João Câmara e Parnamirim (RN). A ação aconteceu na manhã desta quarta-feira (20).

Segundo a polícia, a investigação constatou que foram utilizados dados cadastrais de seis estrangeiros de nacionalidade espanhola para a realização das fraudes e sem o conhecimento das vítimas. De posse das contas e cartões de crédito, foram simuladas operações financeiras para retirada dos valores contratados a título de cheque especial e empréstimos pessoais.

Tais valores eram posteriormente transferidos para as contas bancárias das mentoras da fraude. Ainda de acordo com os agentes, eram utilizados cartões de crédito em diversas compras em estabelecimentos comerciais, de hotelaria ou em serviços de e-commerce.

As investigadas responderão pelos crimes de furto mediante fraude e lavagem de dinheiro, cujas penas somadas podem chegar a 5 a 18 anos de reclusão e multa. O nome da operação faz referência ao termo espanhol que significa “cartão”.

Ponta Negra News

Siga nosso instagram

Siga o canal “Blogdeassis – Notícias” no WhatsApp: Seguir