Forças de Segurança simulam ataques a carros-fortes e resgate de presos em Natal

Forças de Segurança realizarão uma série de simulações de ataques extremos na capital potiguar e na Grande Natal nesta quinta-feira (24). Entre as situações, serão simulados ataques a empresas de transporte de valores, roubos a carros-fortes e resgates de presos em penitenciárias.

O objetivo do simulado é preparar os operadores da segurança pública para respostas mais rápidas e eficientes aos atos criminosos conhecidos como “Novo Cangaço” e “Domínio de Cidades”.

A primeira simulação de ataque a carro-forte acontecerá pela manhã, na quinta (24), a partir das 08h, na saída de um aeroporto particular localizado na região da Lagoa do Bonfim, em Nísia Floresta. As demais simulações ocorrerão simultaneamente, a partir das 23h.

Uma das ações acontecerá com uma tentativa de resgate de presos no complexo penitenciário de Alcaçuz, também em Nísia Floresta. A outra situação simulada será um ataque a uma empresa de transporte de valores no bairro de Cidade da Esperança, em Natal.

Treinamento

Os simulados de ataques às instituições financeiras fazem parte do treinamento final realizado durante toda a semana em Natal, chamado de “Elaboração do Plano de Defesa Estadual”, com a participação de mais de 70 operadores de segurança pública do RN e de todo o Brasil.

O treinamento tem como objetivo capacitar operadores de segurança, instituições do Estado e voluntários civis a elaborarem planos de defesa contra ataques do Novo Cangaço e do Domínio de Cidades.

Os planos de defesa envolvem estratégias para desarticulação dos planos das quadrilhas, evitando confrontos e empregando ações como bloqueios de vias, uso de drones para filmagem, pontos de observação e integração entre sociedade, judiciário, Ministério Público, Corpo de Bombeiros, hospitais e polícias.

O curso contou com o apoio do Ministério da Justiça, Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed) e Polícia Militar do RN. Reuniu também os principais especialistas do Brasil, que ministraram instruções em Natal. O Rio Grande do Norte foi pioneiro na realização de um dos primeiros planos e simulados em 2019, e amanhã realizará o maior já feito no Brasil.

Os simulados serão conduzidos por meio de figurantes e, com o acionamento da Polícia Militar, terá início o plano de resposta a esse tipo de modalidade criminosa. Reforça-se que não se trata de uma ocorrência real, mas de um treinamento que incluirá explosões e tiros de festim.

Copy link