Cosern desativa “gato” de energia em loja de colchões de Parnamirim

Foto: Divulgação/Neoenergia Cosern

Em mais uma ação da “Operação Varredura”, equipes da Neoenergia Cosern, com apoio da Polícia Militar, identificaram e desativaram um “gato” de energia numa loja de colchões localizada na Avenida Olavo Montenegro, em Parnamirim, na tarde sexta-feira (14).

A energia que estava sendo furtada chegava até o local por meio de um desvio embutido – ou seja: não era contabilizado pelo medidor da distribuidora.

O responsável pela loja foi conduzido pelos agentes da Polícia Militar para prestar depoimento na Delegacia de Parnamirim. De janeiro até agora, três pessoas foram presas pela polícia furtando energia no Rio Grande do Norte.

O gato de energia é crime previsto no artigo 155 do Código Penal e a pena para o responsável pela irregularidade (fraude, furto ou adulteração de medidor) pode chegar a oito anos de reclusão. Além de crime, o “gato” representa risco de morte a quem faz e a quem está próximo. A ligação clandestina também provoca perturbações no fornecimento de energia da região e pode causar a queima de eletrodomésticos dos vizinhos no local onde é feita.