Bolsonaro chora com homenagem durante reunião do PL; “Você não tem maldade”, diz Michelle

O ex-presidente Jair Bolsonaro chorou durante a reunião do PL nesta quinta-feira (6), na sede do partido. O político chegou a chorar durante o depoimento de sua mulher, Michelle Bolsonaro, que o homenageou no evento.

O encontro, que tinha como objetivo discutir com a bancada no Congresso a Reforma Tributária, também serviu para discutir a inelegibilidade do ex-chefe do Executivo, decretada na última semana pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

“Quem te conheceu há 28 anos atrás sabe que você continua a mesma pessoa. Eu que já comi meio quilo de sal com você em quase 16 anos te conheço, sei que você não tem nenhuma maldade, não tem nenhum projeto de poder. Sei que você se entregou por um propósito, uma missão. Que a nossa vida foi para a vitrine, que a nossa vida mudou da água para o vinho, que nós sofremos ainda. Mas quero dizer que estou ao seu lado para o que der e vir”, falou a ex-primeira-dama.

O vídeo do depoimento foi compartilhado nas redes da deputada federal Julia Zanatta (PL-SC), também presente na cerimônia. O presidente do partido, Valdemar Costa Neto, também homenageou o ex-presidente na reunião. Em suas redes sociais, o cacique do PL afirmou que a missão de Bolsonaro ainda não acabou.

“A missão do Messias não acabou, só está começando. Deus não colocaria Bolsonaro no poder se não houvesse uma missão. E essa missão é salvar e mudar o Brasil”, publicou Valdemar.