Aos 66 anos e completando 50 anos de carreira, Facilita é um dos palhaços mais conhecidos e queridos do RN

Entre os dias 1º a 7 de dezembro, o Departamento de Artes da UFRN realiza o 2º Palhaçar. Trata-se de um evento de extensão que pretende levar a arte cômica para a população de Natal e, especialmente, aos alunos de escolas públicas, além de homenagear a arte do palhaço.

A mesa que dará início ao evento, aberta ao público, será no dia 1º de dezembro, às 14h30, no Teatro Laboratório do Deart/UFRN, e pretende discutir e valorizar a arte circense, prestando uma homenagem a um dos palhaços mais ativos do circo potiguar, o Facilita. 

Aos 66 anos e completando 50 anos de carreira, Facilita é um dos palhaços mais conhecidos e queridos do Rio Grande do Norte. Seja com seu próprio circo ou nos circos de outros artistas, já percorreu as principais praças do estado e de quase toda a região Nordeste. Na homenagem, mediada pelo ator e palhaço George Holanda e com a participação de Rodrigo Bruggemann – o palhaço Piruá –, haverá um bate-papo com Facilita e, ao final, uma surpresa.

No sábado, 2 de dezembro, a partir das 10h, será realizada uma saída de palhaços e palhaças formada pelas figuras cômicas criadas pelos discentes do curso de Licenciatura em Teatro da UFRN, na Feira do Alecrim.

Já no dia 7 de dezembro, acontece a apresentação de uma variété, isto é, um espetáculo de variedades apresentando esquetes de palhaçaria para alunos do Ensino Fundamental 1, na Escola Estadual Professora Maria Luiza Alves Costa, no bairro de Felipe Camarão. Essa é uma das escolas em que os estudantes desenvolvem o Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (Pibid) – subprojeto Teatro.

O espetáculo é composto a partir dos personagens clownescos e de cenas cômicas criadas pelos discentes sobre o repertório tradicional, no componente curricular Introdução à Palhaçaria. A partir dos exercícios de palhaçada executados no curso, os estudantes de Licenciatura também desenvolveram planos de aula de Teatro.

Espera-se reforçar o diálogo entre escolas públicas e a Universidade, bem como oportunizar um espetáculo cômico à população menos favorecida em relação ao acesso a apresentações culturais de qualidade, neste caso, provocando o riso e experimentando a derrisão como material criativo.  

Aos discentes da Licenciatura em Teatro, almeja-se criar a oportunidade de relacionarem suas estratégias didáticas com apresentações de produções artísticas desenvolvidas durante o curso. A coordenação do Palhaçar é do professor André Carrico. O evento tem o apoio do Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA). Todas as ações têm entrada franca.

Copy link