Sesap alerta sobre risco de proliferação do mosquito da dengue durante período de chuva no RN

Fatores como clima quente e incidência de chuvas, comuns nesse período do ano, são ideias para a proliferação do mosquito Aedes aegypti, responsável pela transmissão de arboviroses urbanas. 

A Secretaria de Estado e Saúde Pública (Sesap) do Rio Grande do Norte, através do Programa Estadual da Arboviroses, fez um alerta a população para ajudar a evitar a incidência de Dengue, Zika e Chikungunya. 

De acordo com a Sesap, as arboviroses são consideradas um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Não há vacina para a prevenção dessas doenças e o combate é feito por meio de ações educativas para evitar o acúmulo de água, que propicia a reprodução do mosquito. 

“Essas arboviroses acontecem o ano todo. Mas tem o momento de incidência maior, como nesse período que tem calor e chuva. Então em qualquer lugar que tiver água a fêmea vai colocar seus ovos que duram mais de um ano. Bateu uma água ali, aquele ovo já vai se desenvolver. Então é um momento de realmente estarmos atentos”, alertou Dinara Alves, coordenadora do Programa Estadual da Arboviroses. 

De acordo com a coordenadora, os dados relativos ao número de casos de arboviroses no RN nas primeiras semanas de 2022 devem ser divulgados nos próximos dias.

G1 RN