Mirassol bate o ABC por 2 a 0 e conquista o título brasileiro

Camilo e Mingotti marcaram na vitória do Mirassol, por 2 a 0, sobre o ABC e garantiram a conquista do título inédito para o clube paulista, que ano passado já havia erguido a taça de campeão da Série D. O ABC tentou reagir, mas sofrendo os gols aos 3 e aos 45 minutos da etapa inicial, não teve como impedir a derrota na final.

O Mirassol acabou a competição como o melhor time e o melhor ataque, o que fizeram jus à nova conquista. Ao clube do Rio Grande do Norte resta o consolo de ter realizado também uma bela campanha numa competição muito equilibrada e, também, ter tido êxito no principal objetivo da temporada: o acesso para a Série B.  

A partida começou como era esperado, os donos da casa na frente atrás de abrir vantagem e logo aos dois minutos Paulinho fez o goleiro abecedista fazer milagre. Na cobrança do escanteio, Silvinho achou Camilo solto, na segunda trave, para cabecear fora do alcance do goleiro Matheus Nogueira e fazer 1 a 0. Tudo que o ABC não queria que ocorresse no jogo da volta. Tudo isso aconteceu nos primeiros três minutos de bola rolando. 

O time potiguar não se deixou abalar e continuou ligada na decisão. Ela arriscou o primeiro chute somente aos dez minutos, quando na cobrança de uma falta Marcos Vinícius arriscou o chute direto, mas a bola subiu demais e foi por cima do travessão. 

Depois a partida prosseguiu demonstrando equilíbrio, mas com as duas equipes travando um verdadeiro duelo pela bola, bem com espaços na finalidade de impedir o adversário de progredir. Com isso, ocorreu uma parada nas jogadas de área. O ataque alvinegro mostrava muita dificuldade em pisar na área do Leão por falta de precisão nos passes e nos cruzamentos. 

O ABC só voltou a chegar com perigo, quando após bola cruzada na área, a zaga tentou afastar, mas a bola caiu nos pés de Calyson que bateu, a bola desviou no zagueiro e acabou indo pela linha de fundo. Nesse lance, o grito de gol ficou preso na garganta dos alvinegros. Depois foi a vez de Fábio Lima aparecer bem, mas não conseguiu dar em bola na disputa contra dois marcadores. 

O Mirassol que após o gol, também foi empurrado para fora da área abecedista, de vez em quando buscava aprontar outra surpresa, mas não conseguia dar sequência às jogadas e quando conseguia acertar o último passe, pecava na finalização. 

O Mirassol voltou a chegar com perigo aos 45 e não perdoou. Silvinho que já havia sido importante no primeiro gol, voltou a desequilibrar, depois de se livrar da marcação de Ícaro, entrar de cara com Matheus Nogueira e dar um presentão para Mingotti fazer 2 a 0. 

O ABC tentou descontar na sequência para voltar para o jogo, mas Gasparotto salvou o chute de Fábio Lima e garantiu a vitória parcial da equipe paulista. 

Tribuna do Norte

Copy link