Justiça eleitoral manda campanha de Fábio Dantas (SD) retirar do ar pesquisa ilegal que induz eleitor ao erro

O juiz eleitoral de plantão Daniel Mariz Maia determinou nesta quarta-feira (7) que a campanha do candidato ao Governo do Rio Grande do Norte Fábio Dantas (SD) retire do ar uma suposta pesquisa eleitoral divulgada hoje sem as informações oficiais exigidas pela legislação e com dados que induzem ao erro o eleitor. O não cumprimento da sentença incide pagamento de multa no valor de R$ 5 mil para cada exibição irregular.

Dantas foi vice-governador na gestão de Robinson Faria, deputado estadual e, segundo as pesquisas, está em 3º lugar na corrida eleitoral, atrás de Fátima Bezerra, líder e candidata à reeleição, e do senador Styvenson Valentim (Podemos), segundo colocado, de acordo com a maioria dos levantamentos.

No gráfico apresentado no vídeo há pelo menos cinco quebras na curva intenção de voto, o que leva o expectador a pensar que a evolução dos dados se refere a cinco pesquisas diferentes. Porém, o gráfico só oferece um dado ao eleitor.

Ao contrário do que exige a lei, a peça publicitária não informou o nome do Instituto de pesquisa, o número de registro, o intervalo de confiança nem a margem de erro.

Fonte: Agência Saiba Mais

Copy link