Enem 2022: taxa de abstenção é de 26,7% no primeiro dia, segundo Inep

O primeiro dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2022, realizado neste domingo (13/11), teve 26,7% de abstenção, segundo dados preliminares do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A taxa é maior do que a registrada em 2021, de 26%.

Um total de 2.490.880 candidatos fizeram a prova – 73,3%% (3.396.632) dos inscritos. As abstenções, portanto, segundo o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), correspondem a 26,7% (ou 905.752).

Entre os presentes, 2.458.504 realizaram as provas em papel, e 32.376, em computador.

Veja os índices de abstenções nos primeiros dias do Enem dos últimos cinco anos:

  • 2017 –  30,2%
  • 2018 – 24,9%
  • 2019 – 23,1%
  • 2020 – 51,5%
  • 2021 – 26%
  • 2022 – 26,7%

Os participantes realizaram provas de linguagens, códigos e suas tecnologias, ciências humanas e suas tecnologias, além da redação, com o tema “Desafios para a valorização de comunidades e povos tradicionais no Brasil”.

Os portões foram abertos ao meio-dia deste domingo (13/11), e foram fechados às 13h para o início das provas, 30 minutos depois. O certame durou até às 19h.

De acordo com o Inep, 3.396.632 estudantes se inscreveram no exame – o segundo menor índice em 17 anos. Do total, 3,3 milhões realizarão a versão impressa da prova. As demais 65 mil inscrições correspondem a estudantes que fizeram o Enem digital.

Metropoles

Copy link