Daniel Diniz e Henio Miranda são reeleitos para cargos de reitor e vice da UFRN

A comunidade universitária reconduziu, na última terça-feira, 8, os professores José Daniel Diniz Melo e Henio Ferreira de Miranda aos cargos de reitor e vice-reitor, respectivamente, para um novo mandato de quatro anos. 

Ao todo, a consulta pública dos referidos cargos da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) — gestão 2023-2027 – contabilizou 6.893 votos, sendo 6.421 válidos, 270 brancos e 202 nulos. 

Regida por normas dispostas na Resolução Nº 022/2022 do Conselho Universitário (Consuni), a consulta, realizada de forma online, via SIGEleição, é um indicativo da comunidade universitária para compor uma lista tríplice a ser enviada ao Ministério da Educação para decisão de nomeação do presidente da República.

Está prevista para o dia 8 de dezembro a reunião do Conselho Universitário (Consuni), órgão máximo da universidade, que vai escolher a lista tríplice. Segundo a instituição, as outras duas chapas deverão ser definidas no encontro.

Ainda de acordo com a UFRN, a lista tríplice para escolha do novo reitor só deverá chegar a Brasília em janeiro de 2023, portanto, após a posse do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

José Daniel Diniz Melo foi empossado reitor da UFRN no primeiro ano de governo de Jair Bolsonaro, em 2019. Ele também foi vice-reitor da instituição na segunda gestão da reitora Ângela Maria Paiva Cruz, de 2015 a 2019.

Copy link