Após ações de vandalismo, estátua de Iemanjá em Natal passa a ser monitorada por câmera

No início deste mês, operadores da Guarda Municipal do Natal que atendem no Centro Integrado de Operadores de Segurança Pública (Ciosp) receberam o treinamento para operar o equipamento de videomonitoramento que monitora a estátua de Iemanjá, na Praia do Meio, na zona Leste de Natal. A medida visa coibir atos de vandalismos e depredações contra o patrimônio público e atende uma recomendação do Ministério Público. 

De acordo o Secretário Executivo do GGIM, Emmanuel Campos, o sistema de videomonitoramento contratado pela Semdes é integrado ao Ciosp e funciona ininterruptamente, 24 horas por dia, durante todos os dias da semana, seguindo um fluxograma de atendimento de ocorrências. Diante de suspeitas, operadores chamarão viaturas da Guarda Municipal ou da Polícia Militar mais próximas para se deslocarem imediatamente até o local. 

A Secretária da Semdes, Sheila Freitas, destacou a dedicação de todos servidores envolvidos  para colocar o sistema em operação: “Continuaremos empenhados, zelando sempre pela segurança da população e pela manutenção de nosso patrimônio”. Disse. 

A operação é resultado de decisões de encontros que reuniram os representantes da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (SEMDES), Secretaria da Segurança Pública e da Defesa Social (SESED), Ministério Público do Rio Grande do Norte (MP-RN), Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (CIOSP), Guarda Municipal de Natal (GMN), Fundação Cultural Capitania das Artes (FUNCARTE) e o Grupo de Articulação de Matriz Africana e Ameríndia (Gama RN), para a solução do problema dos atos depredação e vandalismo.

Portal da Tropical

Copy link