Vacinação: ‘Passou pela Anvisa, eu tô tomando!’, diz Alceu Valença sobre vacinas

Foto: Leo Aversa/Divulgação

Após longos meses de confinamento no Rio de Janeiro, que renderam quatro álbuns de voz e violão (dois ainda vão ser lançados), Alceu Valença está de volta aos palcos de Pernambuco. O show da turnê Anunciação – Tu vens, eu já escuto os teus sinais será realizado neste sábado (2), a partir das 21h, no Classic Hall, em Olinda.

Seguindo os novos protocolos de convivência do estado, o retorno gradual foi possibilitado pelo avanço da vacinação em massa, como o próprio Alceu reforça, em entrevista ao Viver: “Eu tomei duas doses da Coronavac e mais uma de reforço da Pfizer. Sempre me posicionei a favor das vacinas, fosse de Oxford, da América do Norte, da China ou da Cochinchina… Passou pela Anvisa, eu tô tomando!”, brinca.

A nova turnê teve uma prévia em Brasília, no último dia 11, e estreou em São Paulo no sábado passado. O cantor faz uma viagem pelas diferentes vertentes e facetas da sua obra: o Alceu interiorano dos forrós, baiões, xotes e toadas (com canções autorais como e clássicos de Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro), ao Alceu do litoral, com hinos do carnaval pernambucano: Tropicana, Belle de jour, que está próxima dos 200 milhões de visualizações no YouTube, e Anunciação, canção queridinha dos nordestinos do BBB 21.

Alceu estará acompanhado de Tovinho (teclados), André Julião (sanfona), Nando Barreto (baixo), Cássio Cunha (bateria) e Leo Lira (guitarra), que já substituia Paulo Rafael, falecido em agosto, quando o músico estava viajando com a Ave Sangria. Em entrevista por telefone, Alceu falou sobre o profundo luto que vem vivendo após a perda do amigo, a repercussão dos álbuns da pandemia, a vacinação, o carnaval de 2022, futuros shows na Europa, dentre outros assuntos relacionados à atual turnê.

Diário de Pernambuco