UFRN e Governo do RN implantam Parque Científico e Tecnológico

A solenidade de assinatura para implantação e operação do Parque Científico e Tecnológico Augusto Severo (PAX) foi realizada, na manhã desta quinta-feira, 9, com as participações da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), do Governo do Estado do Rio Grande do Norte, bem como de representações do setor produtivo. Na ocasião, o reitor José Daniel Diniz Melo ressaltou o momento como um marco para a história da ciência e tecnologia do estado.

A governadora Fátima Bezerra considerou que o Rio Grande do Norte deu um importante passo, o qual renova o compromisso do estado com o desenvolvimento socioeconômico, por meio da ciência e tecnologia. Para o secretário de Desenvolvimento Econômico do RN (Sedec), Jaime Calado, “aqui será o novo endereço da ciência, tecnologia e inovação do Rio Grande do Norte”, cujo projeto foi construído por meio do diálogo com diversas instituições.

O reitor Daniel Diniz lembrou que a implantação do PAX é fruto da participação da sociedade, com a colaboração de representações públicas e privadas da área governamental, acadêmica e do setor produtivo. Na mesma perspectiva, a coordenadora do PAX e assessora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, contou que o projeto teve início há oito anos na UFRN e terá como vocação o desenvolvimento sustentável, nos campos das energias renováveis, saúde, indústria 4.0, mineração, cerâmica, entre outros setores.

O evento contou ainda com as participações de representantes das Prefeituras de Macaíba, Natal, São Gonçalo do Amarante e Parnamirim; de instituições de ensino superior, como o Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) e a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN); do setor produtivo, como o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae); da Fundação de Apoio à Pesquisa do Rio Grande do Norte (Fapern); do Instituto Santos Dumont (ISD); dos senadores Jean Paul Prates e Zenaide Maia; entre outras representações da sociedade.

Qual sua opinião?