Tartaruga marinha é ‘resgatada’ após tentativa de soltura na Costa Branca potiguar

Uma tartaruga marinha de 140 quilos resgatada na Costa Branca potiguar está em processo de reabilitação no Centro de Reabilitação de Fauna (CRF) do Projeto Cetáceos da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (Uern), em Areia Branca. Vídeo feito por turistas na manhã de quarta-feira (22) mostram a retirada do animal do mar após uma tentativa de soltura na praia de Upanema.

De acordo com os pesquisadores do projeto Cetáceos, após avaliação da equipe medico-veterinária, foi realizado o teste de soltura, mas o animal “não apresentou condições plenas de retornar para a natureza”.

Trata-se de uma tartaruga-cabeçuda (Caretta caretta) adulta. O animal é uma fêmea, com 1,12m de comprimento. Segundo o Cetáceos, não é possível determinar a idade do animal, mas, “de fato, é um adulto com uma longa história de vida”.

Em comunicado, o Cetáceos destaca que vai continuar o tratamento e o manejo adequado para devolver o animal ao mar.

No mundo existem sete espécies de tartarugas marinhas, das quais cinco ocorrem no Brasil. Todas ocorrem no Rio Grande do Norte. A Uern desenvolve ações de pesquisa e conservação destes animais ameaçados de extinção.

Do g1 RN