Servidores do Idema/RN consideram insuficiente proposta para repor perdas salariais

Os servidores do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do RN (Idema/RN) consideraram insuficiente a proposta que o Governo do Estado apresentou em outubro para repor as perdas salarias dos funcionários acumuladas nos últimos onze anos.

A posição dos trabalhadores foi externada em Assembleia Geral Extraordinária (AGE) presencial conduzida pela direção do Sindicato dos servidores Públicos da Administração Indireta do RN (Sinai/RN) na manhã desta segunda-feira (22), na capital potiguar.

A categoria aponta que os 15% oferecidos pelo Poder Executivo estadual estão muito abaixo dos 87% que se acumularam de 2010 para cá. Desta forma, foi deliberado que o Sindicato vai questionar o percentual apresentado pelo Governo do Estado, lembrando que menos de 25% da receita do Instituto compõe a folha dos servidores.

Contudo, os profissionais do Instituto não se posicionaram contra a implantação do percentual ofertado pelo Governo, porém, querem a continuidade da luta para que o índice seja melhorado.

Outra questão discutida foi a reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração (PCCR), isso porque a categoria compreende ser urgente a atualização do Plano.

Além disso, reivindicam a realização de concurso público com vistas a repor o quadro funcional da autarquia estadual.
Ficou acertado que outra AGE será convocada pelo Sindicato para avaliar e deliberar ações que reforcem a luta em prol da reposição salarial, da reestruturação do PCCR e realização do concurso público.
A data, local e horários serão divulgados em breve, adianta informação do site do órgão.

Qual sua opinião?