Semana Nacional de Conciliação registra 88% de acordos na fase pré-processual no RN

Realizada de 8 a 12 de novembro, a XVI edição da Semana Nacional da Conciliação, registrou, no Rio Grande do Norte, 87,88% de acordos na fase pré-processual, aquela em que não há processo aberto ainda, ou seja o conflito ainda não foi judicializado. Os dados são do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec) do TJRN.

“Na fase pré-processual, as partes estão abertas a conversar, negociar, ou seja, estão lá (nas unidades judiciárias) para resolver o problema”, observa a secretária-executiva do Nupemec, juíza Daniella Simonetti. Ela ressalta que o Núcleo tem atuado com a dinâmica de estimular acordos na esfera desta etapa, justamente anterior à judicialização.

Quando o conflito está judicializado, ou seja, já se tornou um processo, as partes deixam na mão de um terceiro, um juiz, a resolução da situação. A parte ré tem acesso ao que disse a parte autora, e naturalmente, irá contestar as razões apresentadas por quem ingressou com a ação na Justiça, situação em que obviamente, será maior o tempo para o fim do feito.

Mesmo assim, neste contexto, a Justiça potiguar registra 41,42% de acordos durante os cinco dias da Semana Nacional de Conciliação no RN, média expressiva quando se fala na área judicial propriamente dita. Os acordos foram firmados nos 15 Centros Judiciários de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejuscs) da Justiça do RN espalhados pelo estado.

Agora RN

Qual sua opinião?