Rede pública de educação amplia aulas presenciais para 60% dos alunos no RN

Escolas da rede pública do RN podem ter aulas presenciais com ate 60% dos alunos — Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi

A Secretaria de Educação do Rio Grande do Norte autorizou a ampliação do número de alunos nas aulas presenciais para até 60% da capacidade das escolas, a partir desta segunda-feira (20).

A previsão é de que até 4 de outubro, a rede volte a funcionar com 100% da capacidade, de acordo com o calendário divulgado pela pasta.

Porém, 40 escolas públicas estaduais ainda não retomaram as atividades presenciais, segundo confirmou a própria secretaria. O motivo seriam obras de reformas das unidades. Ao todo, o estado tem 615 unidades.

Pela manhã, mais de 50% dos alunos da Escola Estadual Walfredo Gurgel, no bairro Candelária, já tinham voltados às aulas.

Já na Escola Estadual Nestor Lima, no bairro Lagoa Nova, todos os alunos seguem com aulas remotas. Segundo a direção, o motivo é uma reforma iniciada há cerca de um mês, que seria a primeira em mais de 50 anos da instituição.

“Essas escolas (que ainda não retomaram aulas presenciais) estão em reformas. Algumas pessoas imaginam que isso poderia ter sido feitas durante a pandemia, mas há prazo, licitações, algumas com duração de três meses, 180 dias, ou até mais de um ano. Aqueles alunos que ainda não voltaram por causa dessas reformas seguem com as aulas remotas”, afirmou o secretário de Educação, Getúlio Marques, à Inter TV Cabugi.

O calendário de retomada das aulas presenciais na rede pública estadual do Rio Grande do Norte começou no dia 26 de julho, mais de um ano após a suspensão das aulas por causa da pandemia da Covid-19, em março de 2020.

Do G1 RN