Programa RN>Mundo vai facilitar internacionalização de empresas de tecnologia

Iniciativa é realizada pelo Parque Metrópole Digital e Sebrae/RN, em parceria com Werkbund, Parque Madan Lisboa e Câmara Brasil-Portugal (PE)

Um programa pioneiro no Rio Grande do Norte vai facilitar a vida das empresas de tecnologia que querem internacionalizar seus negócios. Realizada em parceria entre o Parque Metrópole e Sebrae/RN, a iniciativa criará oportunidades em todas as fases necessárias para uma startup se expandir para o mercado exterior.

O Programa de Internacionalização de Empresas de Tecnologia do RN – ou Programa RN>Mundo – será iniciado em novembro e é constituído de três pilares: a realização de workshops (prelanding), a criação de uma comunidade de interesse em internacionalização e a conexão direta (softlanding e contexto local) com o Parque Madan, principal parque tecnológico e referência no ecossistema de inovação de Lisboa (Portugal).

As inscrições para participar do programa já estão abertas e podem ser feitas até o dia 5 de novembro, por meio do preenchimento de formulário de interesse online. A iniciativa conta com a parceria da empresa Werkbund, Câmara Brasil-Portugal (PE), além do próprio Parque Madan.

O Programa RN>Mundo contará com um primeiro encontro aberto ao público e divulgado aos inscritos no formulário de interesse, no dia 3 de novembro, ocasião em que serão apresentadas as entidades que participam da iniciativa e realizada uma Masterclass intitulada “Internacionalização: da Ideia ao IPO”, ministrada por Natália Grizzi, da Martorelli Advogados, mostrando o caminho da internacionalização para empresas de tecnologia.

Temas

Ao todo, serão feitos oito workshops, com temas como “Design Estratégico para Inovação”, “Fazendo Negócios em Portugal” e “Mecanismo de Financiamento de Startups: local e internacional”. Para além dos workshops, o RN>Mundo também vai oferecer espaços específicos para debates de temáticas com especialistas do mercado e o acompanhamento das empresas no que diz respeito a discussões acerca de seus próprios projetos.

Os interessados podem conferir a apresentação detalhada dos temas e de outros aspectos do RN>Mundo neste link: https://bit.ly/RNMUNDO.

Parque Madan

Já no campo da conexão, a participação do Parque Madan, de Portugal, será de vital importância. “Além de responsável por alguns workshops, o Parque Madan vai mostrar às empresas de TI locais que existe uma forma de chegar ao mercado europeu de maneira suave e fácil”, afirma o administrador Marcelo Pelicano, da equipe do Parque Metrópole e um dos organizadores do RN>Mundo.

Ele ainda conta que “o próprio Parque Madan possui um programa de recebimento de empresas, e que Portugal também pode ser pensado como um ponto de apoio para as empresas chegarem ao mercado de outros países da Europa”. A metodologia por trás da formulação do RN>Mundo visa a preparação e expansão facilitada para o mercado externo, também conhecida, no jargão dos negócios e da inovação, como “pre-landing” e “soft-landing”.

Novos mercados

De acordo com o gerente da Unidade de Mercado, Inovação e Tecnologia do Sebrae-RN, David Góis, o processo de acesso a novos mercados é estratégico para as empresas e deve ser constante, principalmente no mundo das empresas de TI, que possuem maior facilidade na diversificação de mercados, ao mesmo tempo que sofrem também, uma maior concorrência das soluções internacionais.

O investimento a ser feito pelas empresas interessadas em participar será de apenas 10 parcelas de R$ 130,50 (R$ 1.305,00), já que a maior parte da iniciativa é subsidiada pelo Sebrae/RN.

Dúvidas sobre o programa podem ser esclarecidas nos e-mails: adriana@rn.sebrae.com.br e david@rn.sebrae.com.br