‘Perseguição aos técnicos da Anvisa é uma vergonha nacional’, diz Gilmar

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Gilmar Mendes chamou de “vergonha nacional” a perseguição aos técnicos da Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), após o aval para vacinação de crianças contra covid-19.

A agência informou ontem, por meio de nota, que solicitou proteção policial para servidores e diretores envolvidos na aprovação do uso da vacina da Pfizer em crianças de 5 a 11 anos. Após o anúncio da agência, ocorrido na quinta-feira (16), o presidente Jair Bolsonaro (PL) defendeu a divulgação dos nomes dos profissionais envolvidos na aprovação.

“A perseguição aos técnicos da Anvisa é uma vergonha nacional. Mostra como o discurso do ódio chegou a níveis alarmantes no país. Aos servidores da agência, expresso minha solidariedade. Conclamo que as autoridades policiais investiguem e garantam a segurança das famílias”,  Gilmar Mendes, ministro do STF.