Mesa Brasil Sesc distribui mais de 38 milhões de quilos de alimentos entre jan/set desse ano

Maior rede de bancos de alimentos da América Latina atende mais de três milhões de pessoas por mês 

O Brasil já registra quase 20 milhões de pessoas em situação de insegurança alimentar, que não conseguem se alimentar todos os dias. Programas como o Mesa Brasil Sesc, maior rede de bancos de alimentos da América Latina, têm sido fundamentais durante esse período de crise econômica e de saúde pública no país.

O MBS conseguiu manter neste ano o mesmo ritmo de captação de doações do ano passado, quando o mundo viveu o auge da pandemia. O último balanço do programa apontou que, entre janeiro e setembro deste ano, foram distribuídos 38,2 milhões de quilos de alimentos e 1,4 milhão de unidades de outros produtos de higiene, limpeza, vestuário.

“O Mesa Brasil Sesc consiste numa forte e estruturada rede de solidariedade que une doadores e instituições sociais no atendimento a milhões de pessoas pelo Brasil afora. Conseguimos manter praticamente o mesmo ritmo do ano passado, o que nos permitiu assistir uma média de três milhões de pessoas por mês, por meio de 7,2 mil instituições cadastradas” explica Ana Cristina Barros, Gerente de Assistência do Departamento Nacional do Sesc.

O Mesa Brasil Sesc foi criado há 27 anos para conectar doadores com entidades assistenciais através da distribuição de alimentos e desenvolvimento de ações educativas. É uma rede nacional de bancos de alimentos contra a fome e o desperdício que atende mais de 540 municípios de todos os estados do país. Em 2020, foram coletados e doados mais de 52 milhões de quilos de alimentos.

O programa conta com mais de 2,6 mil doadores como grandes empresas nacionais e multinacionais, atacadistas e varejistas, centrais de distribuição e abastecimento, produtores rurais. Na pandemia, com o aumento do número de famílias em situação de insegurança alimentar, o Mesa Brasil Sesc passou a receber e distribuir também produtos de limpeza e higiene e a fornecer cestas básicas e refeições prontas para garantir a segurança alimentar das famílias mais vulneráveis.

As ações educativas constituem ainda um diferencial do programa, com oferta de cursos e palestras a comunidades e instituições assistenciais com temas como aproveitamento integral de alimentos, reeducação alimentar e boas práticas na manipulação de alimentos, entre outros. Só neste ano, mais de 57 mil pessoas participaram dessas ações.

Mesa Brasil em números (jan a set/2021):

3.122.657 pessoas atendidas

7.211 entidades assistidas

2.682 doadores

38.242.684 kg de alimentos distribuídos

1.412.734 unidades de produtos distribuídos para higiene, limpeza, vestuários

2.618 ações educativas

57.637 participantes das ações educativas;

544 munícipios atendidos;

93 unidades MBS em funcionamento, distribuídas em 26 estados e Distrito Federal.