Líderes mundiais alertam: democracia em risco no Brasil

Brasília 60 Anos – Esplanada dos Ministérios

“Nós, representantes eleitos e líderes de todo o mundo, soamos o alarme: em 7 de setembro de 2021 uma insurreição colocará em risco a democracia no Brasil.” Desta forma começa uma carta aberta assinada por intelectuais e líderes políticos de mais de 25 países, divulgada nesta segunda-feira (06/09).

No texto é promovido pela Internacional Progressista, organização que une ativistas e organizações progressistas de esquerda, lançada em 2015 e impulsionada pelo senador democrata americano Bernie Sanders e o ex-ministro das Finanças da Grécia Yanis Varoufakis. Nele, importantes figuras públicas ligadas à política alertam para o perigo que o presidente Jair Bolsonaro representa à democracia brasileira.

Entre os mais de 100 signatários estão José Luiz Rodríguez Zapatero, ex-presidente do governo da Espanha, o sociólogo americano Noam Chomsky, os ex-presidentes Fernando Lugo (Paraguai), Ernesto Samper (Colômbia) e Rafael Correa (Equador), além do ex-ministro brasileiro das Relações Exteriores Celso Amorim e o próprio Varoufakis.