Jovem de 20 anos se torna primeira pessoa com Síndrome de Down formada em gastronomia no RN

“Senhoras e senhores, neste momento estamos tendo o privilégio de vermos a história passando na nossa frente. A partir de agora, Fredinho passa a ser a primeira pessoa com Síndrome de Down a ter diploma de nível superior em gastronomia aqui no nosso estado”.

As palavras são do jornalista Fred Carvalho e foram externadas durante discurso na festa de formatura da turma de gastronomia da Uninassau em Natal, que aconteceu no último dia 18. Entre os formandos, estava o filho dele, Fred Carvalho Filho, de 20 anos.

Fredinho, como é carinhosamente chamado, realizou o sonho de se formar no curso que desejava no ensino superior neste fim de 2021 e se tornou a primeira pessoa com Síndrome de Down no Rio Grande do Norte a ter o diploma de gastronomia.

Entre o ingresso no curso e a conclusão, Fredinho teve que superar mais do que a pandemia e as aulas on-line no meio do caminho, mas também a desconfiança ao ingressar num curso superior e o preconceito.

O pai, Fred Carvalho, conta que eles procuraram inicialmente três universidades que ofereciam o curso de gastronomia – duas delas interessaram.

“Nós procuramos uma primeiro e eles claramente fizeram um vestibular para Fredinho não passar. É importante sempre dizer que Fredinho não é alfabetizado ainda, ele está em processo de alfabetização”, contou.
Foi quando apareceu a segunda instituição. “A gente procurou a Uniassau e eles nos disseram: ‘a gente quer Fredinho aqui e vamos fazer toda a adaptação possível’”, lembra.

Do g1 RN