Hospital Walfredo Gurgel realiza pela 1ª vez cirurgia inovadora para pacientes com queimaduras

Pela primeira vez no estado do Rio Grande do Norte, o Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel realizará, no próximo dia 19 de agosto, um procedimento cirúrgico demonstrativo da técnica Meek, em busca de oferecer uma melhor assistência à saúde e qualidade de vida para os pacientes vítimas de queimaduras. 

O Meek é uma técnica holandesa que serve pra fazer enxerto de grandes áreas em pessoas com problemas de doação de pele, a exemplo de um paciente com uma região da pele muito queimada. A técnica permite que as queimaduras fechem duas vezes mais rápido do que com o extensor de tela, reduzindo as infecções. 

Atualmente, o Meek é usado principalmente para pacientes que sofrem com mais de 30% de queimaduras em termos de área da superfície corporal (TBSA). Também é adequado para pacientes com queimaduras de 5% a 20% de TBSA. Na maioria dos casos, 40 a 50% menos área doadora precisam ser usados e essas mesmas áreas doadoras podem ser usadas novamente dentro de duas semanas. 

“Conseguimos por meio de doação e em forma de demonstração, faremos o procedimento para que tenhamos treinamento e conhecimento. Essa tecnologia vai ajudar a salvar muitas vidas e dar qualidade e resultado para os pacientes, diminuindo em muito o custo e o tempo de internação”, informou o chefe do Centro de Tratamento de Queimados, Dr. Marco Almeida. 

O procedimento com a tecnologia Meek será realizado em um paciente vítima de uma patologia com necessidade de enxertia, oriundo do Hospital Coronel Pedro Germano (Hospital da Polícia), no CTQ do Hospital Walfredo Gurgel.