Hospital referência para Covid no RN não registra mortes pela doença há 30 dias

Uma das principais unidades de referência para o atendimento de pacientes graves com Covid-19, em Natal, durante a pandemia, o Hospital Giselda Trigueiro não registra mortes pela doença há 30 dias. É o maior tempo sem mortes desde o início da pandemia.

A informação foi confirmada pelo diretor da unidade, Dr. André Prudente, nesta terça-feira (5). Para o infectologista, o avanço da vacinação e o fim da fila de regulação por leitos contribuem para a redução no número de mortes.

“Conforme a vacinação foi avançando, tivemos menos pessoas internadas e a fila de regulação desapareceu. Essa fila impactava muito na letalidade porque o paciente precisava de um leito de UTI e não tinha, então ele aguardava em local não adequado e quando conseguia esse leito o quadro já estava bem mais grave. Agora, sem filas por leitos, o paciente chega e tem o tratamento adequado desde o início. O prognóstico é bem melhor”, explicou.

Atualmente, o Hospital Giselda Trigueiro é a unidade com maior número de leitos de UTI disponíveis para tratamento da Covid no Rio Grande do Norte, com 35 unidades. Na manhã desta terça-feira (5), havia 15 em uso e 20 disponíveis.

Ao todo, a rede pública contava com 47 pessoas internadas em leitos de UTI e 49 em leitos clínicos.

Até esta segunda-feira (4) o RN registrava 369.000 casos confirmados de Covid e 7.341 mortes pela doença.

Do g1 RN