Fundação Banco do Brasil e Sebrae assinam contrato para levar internet a mil municípios

Nesta terça-feira, 14, em Brasília, a Fundação Banco do Brasil e o Sebrae assinam Acordos de Cooperação Técnica com o Ministério das Comunicações para que cada um disponibilize aproximadamente 500 pontos de wi-fi, levando conectividade em alta velocidade a cerca de até mil localidades brasileiras com nenhuma ou pouca conexão.

Entre as ações das parcerias, além da conexão à internet, no Acordo com Fundação BB, estão previstas iniciativas de educação que buscam preparar a comunidade escolar para sua inserção na cultura digital, por meio do fornecimento de conteúdos educacionais a serem disponibilizados na plataforma Wi-Fi Brasil.

“Com a adesão de parceiros como a Fundação BB e o Sebrae ao Wi-Fi Brasil, estamos abrindo novos horizontes para a vida de milhões de brasileiros, que passam a ter acesso a mais fontes de conhecimento, formas e conteúdos de educação e interação com o mundo. As pessoas poderão se conectar com tudo o que a internet traz, desde a prestação de serviços online oferecidos pelo governo até soluções financeiras que facilitem seu dia a dia. Estamos nos aproximando de nossos futuros clientes, promovendo a inclusão digital para quem não tinha possibilidade de acesso e valorizando a transformação social das pessoas”, ressalta Fausto Ribeiro, presidente do Banco do Brasil.

Eveline Veloso Susin, presidente da Fundação BB, destaca que a cooperação tem como objetivo unir os esforços do Programa Wi-Fi Brasil do Ministério das Comunicações e o Programa Educação para o Futuro, da Fundação BB, a fim de proporcionar inclusão digital de pessoas em situação de vulnerabilidade social, e ofertar capacitação que contribua para o desenvolvimento de competências e saberes, para que sejam protagonistas de suas vidas. “Estamos oferecendo oportunidades às pessoas de buscarem uma transformação social em suas vidas, promovendo a educação para o futuro, a cidadania e a geração de trabalho e renda”, conclui Eveline.

Para o Sebrae, o projeto irá impactar diretamente os pequenos negócios, ampliando as oportunidades e o conhecimento. “Estamos juntos com o desafio de levar a internet e a comunicação para os mais distantes locais do país. Esse é um projeto tem muita sinergia com o Sebrae e com a nossa metodologia, que acelera digitalmente a micro e pequena empresa”, explica o presidente do Sebrae, Carlos Melles.

Os novos pontos serão implementados com a coordenação do Ministério das Comunicações.