Família realiza protesto pedindo justiça no caso de Luan Carlos, morto em meio a uma ação policial em Mossoró

Familiares e amigos de Luan Carlos Lucena Barreto realizaram neste domingo 11 de julho de 2021, um protesto contra a morte do jovem, fato ocorrido no dia primeiro de julho do corrente ano em Mossoró. Luan Carlos estava de moto, quando foi baleado na cabeça, na Avenida Lauro Monte no Bairro Santo Antônio.

Ele foi socorrido por uma guarnição da PM para o Hospital Tarcísio Maia, mas não resistiu e morreu no dia seguinte naquela unidade hospitalar. Até o momento não informações oficiais, sobre as circunstâncias em que a vítima foi baleada. Informações são de que policiais militares realizavam uma perseguição a uma dupla de moto no local onde o jovem foi baleado.

Dois inquéritos foram instaurados para investigação do caso, um pela Polícia Civil e outro pela Polícia Militar. O ITEP realizou perícias na motocicleta da vítima e nas armas dos policiais que estavam na ocorrência. O delegado da DHPP, designado para o caso, Dr. Marcos Vinícius, acredita que nesta semana vai concluir o inquérito da Polícia Civil.

O protesto, saiu da residência da família, no Bairro Redenção e depois de percorrer várias ruas, inclusive onde ocorreu o fato, chegou até a Delegacia de Homicídios e de proteção à Pessoa (DHPP) no Centro da cidade. pedindo por Justiça. Com faixas, cartazes e balões pretos os manifestantes pediam justiça para os culpados.

Fim da Linha