Cláudia Santa Rosa lança livro que propõe repensar a educação

A professora Cláudia Santa Rosa lança, nessa quinta-feira (11), no jardim da Escola Estadual de Tempo Integral Dr. Manoel Dantas, o seu livro intitulado “Aprender com a Escola da Ponte: repensar a educação”. A autora estará disponível para autógrafos das 18 às 20 horas. 

A obra tem origem na tese de doutorado em educação, defendida na UFRN, a partir de estudos realizados na Escola da Ponte, em Portugal. 

“O conteúdo se reveste numa proposta para repensar a educação e diz muito sobre os segredos dos trabalhos que tenho coordenado em escolas, sempre apresentando resultados muito significativos nos indicadores educacionais. A publicação é uma maneira de partilhar esse conhecimento com quantos tenham interesse de transformar ou fortalecer suas práticas pedagógicas,” explica Santa Rosa.

Durante quase três décadas de atividades em educação, Cláudia acumula experiências de coordenar projetos desenvolvidos em escolas públicas, consultorias e assessorias pedagógicas para instituições particulares, governamentais e não-governamentais, além ministrar palestras, cursos e oficinas pedagógicas voltadas para a formação continuada de profissionais da educação.

As suas ideias podem ser conferidas em uma série de artigos publicados em jornais, revistas, capítulos de livros e no blog que mantém na internet. Os seus posicionamentos sobre educação têm sido fonte, desde o ano de 1993, para inúmeras matérias publicadas por veículos impressos, radiofônicos, televisivos e digitais.

Foi essa biografia que a levou, em maio de 2016, à titularidade da Secretaria de Estado da Educação e da Cultura do Rio Grande do Norte, por meio de convite direto do Governador do Estado. A sua gestão foi marcada pelas parcerias com institutos e fundações e pela formatação de seis programas prioritários para cumprimento do plano estadual de educação, abrindo caminhos para as escolas estaduais atingirem a desejada qualidade de ensino. As escolas de tempo integral e a rede de ensino profissional e técnico estão entre os maiores legados da sua gestão.

Tribuna do Norte