Chacina em churrasco deixa cinco mortos e quatro feridos

Churrasco terminou em tragédia no ES. Foto: Divulgação Polícia Civil e Redes Sociais

Cinco pessoas foram mortas e quatro ficaram feridas durante uma chacina em um churrasco que acontecia em uma casa do bairro Darly Santos, em Vila Velha, no Espírito Santo. A motivação do crime, que ocorreu na noite do último sábado (16), ainda é investigada pela Polícia Civil.

Quatro indivíduos teriam invadido a residência e atirado nas pessoas que estavam no evento, durante a confraternização. Quatro morreram no local, quatro foram baleadas e uma pessoa morreu no Hospital Estadual Antônio Bezerra de Farias, que fica na região.

O número de pessoas que estava no churrasco no momento da chacina não foi divulgado. Segundo a Polícia Civil, duas das vítimas assassinadas não participavam do evento.

Elaine Cristina Machado, de 49 anos, ouviu o barulho dos tiros, foi até a rua para ver o que estava acontecendo e foi morta com dois tiros ao lado de um carro. “Ela morava perto de onde aconteceu o crime. Ela ouviu o barulho [dos tiros] e foi ver o que estava acontecendo. A Elaine não gosta de festas. Só saia de casa para a igreja”, disse o genro da vítima, Wagner Mendes, ao UOL.

Felipe dos Santos, de 31 anos, trabalhava em uma barraca de verduras próximo ao local e foi baleado. Ele chegou a ser socorrido pelos familiares, mas não resistiu e morreu ao dar entrada no hospital.

Já José Quintino Filho, de 59 anos, era líder comunitário do bairro Darly Santos e foi baleado na costela e nas costas. “Ele tinha ido até em casa para almoçar e descansar. Por volta das 16h30 ele decidiu ir até a casa do amigo onde estava tendo o churrasco. Estamos em choque”, relatou ao portal um familiar.

As outras duas vítimas, Claudionor Liberato, de 59 anos, aposentado, e José Roberto, que não teve a idade divulgada, estavam no churrasco e foram baleados duas vezes.

Os outros quatro feridos também foram baleados e estão internados no hospital.