Cesta básica tem aumento de 4,71% em outubro em Natal

A cesta básica em Natal está custando em torno de R$ 363,38 na capital potiguar, de acordo com uma pesquisa divulgada pelo Procon-Natal, nesta segunda feira (3). O aumento em relação ao mês anterior foi de 4,71%. A pesquisa foi realizada nas quatro semanas do mês, em 23 estabelecimentos comerciais da cidade, sendo pesquisados atacarejos, supermercados de bairros e grandes redes de hipermercados da cidade.

O Procon constatou os atacarejos são a melhor opção de compra da cesta básica dentre os estabelecimentos, uma vez que o custo foi de R$ 343,86, em relação ao mês anterior a pesquisa encontro um preço médio nesse seguimento de R$ 339,21, um acréscimo de R$ 4,65. Já nos supermercados de bairro o custo da cesta básica no mês foi de R$ 365,17, a pesquisa também encontrou um aumento de R$ 9,61 em relação ao mês de setembro, nas grandes redes de hipermercados o custo da cesta.

O órgão identificou uma redução significativa no seguimento dos hipermercados, e isso é devido à redução no valor total da cesta básica desse seguimento, ou seja, foram encontrados preços menores dos produtos pesquisados, e isso foi encontrado em dois hipermercados pesquisados, conforme podem ser identificados pelo consumidor na planilha divulgada na página eletrônica do Procon Natal.

De acordo com a pesquisa os atacarejos continuam sendo a melhor opção para os consumidores natalenses na compra da cesta básica. É o que mostra a análise do Núcleo de pesquisa na comparação do custo em reais da cesta básica por seguimentos, assim como a diferença e a variação entre os nichos de comércios de venda da cesta básica.

O cálculo representa uma variação de (-5,83%), a comparação com a cesta básica dos hipermercados é bem maior e chega a uma, variação de (-9,77%), uma economia em reais de R$ 37,24. Comparando também com a média da cesta básica no mês que foi de R$ 363,38 o consumidor tem uma economia de R$ 19,52.

Do Agora RN