TRE/RN cassa diploma de vereador de Touros e aplica multa de 25 mil UFIRs

edvaldo-medeiros-cassado

O Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Rio Grande do Norte(TRE-RN), em sessão realizada nesta terça-feira (7), determinou a cassação do diploma de vereador mais votado de Touros, Edvaldo dos Santos de Medeiros, e aplicação de multa no valor 25 mil UFIR’s, nos termos do artigo 41-A da Lei das Eleições.

O parlamentar, de 45 anos, foi eleito pelo PPS, no pleito de 2012, com 1.041 votos e recentemente migrou para o DEM. Segundo o tribunal, cabe recurso contra a decisão.
Vacância

Com a possível saída do vereador Edvaldo Medeiros, a funcionária pública Maria Lucineide do Nascimento Viana, 40 anos, natural de Touros, filha da ex-vereadora Pureza, possui por Lei, o direito de assumir a vacância pela ordem de suplência, com 559 votos. Neide de Pureza, como é conhecida, atualmente filiada ao PROS, é aliada do prefeito Ney Leite(PSD), e já anunciou sua pré-candidatura a vereadora, nas próximas eleições.
Dione Nascimento/Touros1501