Governo busca alternativas para atender pescadores

pescadores

O governador em exercício Fábio Dantas recebeu nesta terça-feira (31) uma comissão de representante de colônias de pescadores em águas internas de todo o Estado para tratar da situação de fragilidade em que se encontram. Os pescadores estão impossibilitados de exercer suas atividades por causa do baixo nível das águas dos reservatórios ocasionado pela ausência de chuvas.

Segundo o subcoordenador de pesca e aquicultura da Secretaria de Estado da Agricultura, Pesca e Pecuária (Sape), Alberto Cortez, são 16 mil pescadores prejudicados e que se encontram em situação de fragilidade alimentar juntamente com suas famílias.

Ao ouvir o relato dos pescadores, Fábio Dantas disse que vai solicitar aos técnicos da Secretaria de Estado de Trabalho, Habitação e Ação Social (Sethas) um levantamento para verificar a possibilidade de oferecer cestas básicas às famílias até que a situação seja normalizada.