Vivaldo Costa visita obras de beneficiamento hídrico em Currais Novos

75A preocupação com os efeitos da seca no Rio Grande do Norte foi lembrada pelo deputado Vivaldo Costa (PROS), que participou nesta sexta-feira (20) de visita às obras de beneficiamento hídrico no município de Currais Novos. O parlamentar reforçou a necessidade das ações do Executivo Estadual e enalteceu o desempenho do governador em exercício, Ezequiel Ferreira (PMDB), que participou da viagem.

“Mesmo no curto período à frente do Executivo, Ezequiel demonstra grande sensibilidade. O governador reuniu o seu secretariado para discutir as situações mais angustiantes para o Estado, como a Segurança, a Saúde e, sobretudo, a falta de água no Seridó”, disse Vivaldo ressaltando ainda a participação de Ezequiel em reunião com a presidente Dilma (PT) na última quinta-feira (19), em Brasília. “Ele solicitou à presidente a liberação de recursos para obras hídricas no Estado”, concluiu o deputado.

No município, o parlamentar visitou as obras da estação elevatória da adutora de engate rápido de Acari/Currais Novos, de responsabilidade do Departamento Nacional de Obras contra as Secas (DNOCS) e que irá beneficiar cerca de 60 mil pessoas. A conclusão da estação depende da instalação de uma bomba, com previsão para 20 dias. O deputado também acompanhou a perfuração de poços na área urbana, ação que vem sendo executada pela Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SEMARH).

Presente na viagem, o secretário da pasta ambiental explicou que até o final da próxima semana serão perfurados 15 poços em Currais Novos. “Em seguida a máquina perfuratriz segue para os municípios de Acari e Florânia, onde serão perfurados novos poços”, declarou Mairton França.

Durante a visita, o governador Ezequiel fez a entrega de um caminhão hidrovácuo e hidrojato, para manutenção do esgotamento sanitário da cidade. Além disso, anunciou que as pessoas que não estão recebendo água em suas residências serão isentas da taxa de abastecimento. A medida será viabilizada a partir de levantamento da Companhia de Águas e Esgotos (Caern).

“Temos que agir com celeridade para minimizarmos a angústia da população. A crise hídrica é grave e tem que ser tratada com prioridade”, afirmou o governador em exercício.

Os secretários de Agricultura, Haroldo Abuana, Relações Institucionais, Hudson Pereira, e a secretária de Segurança, Kalina Leite, também acompanharam a visita.