Rogério Marinho: “Governo do PT parece Nero cantando enquanto Roma pega fogo”

rogerioPresidente de honra do PSDB no Rio Grande do Norte, o deputado federal Rogério Marinho criticou duramente a medida provisória 675, enviada à Câmara pelo governo federal, que prevê o acréscimo da Contribuição Social sobre o Lucro Líquido das instituições financeiras de 15% para 20%, ou seja, mais um aumento de impostos. Para o tucano, com o projeto, a gestão do PT atinge diretamente a sociedade brasileira.

“Fala-se da necessidade de se aumentar impostos dos bancos como se essa fosse uma questão corriqueira. O governo do PT parece Nero cantando enquanto Roma pega fogo. Dizer que o aumento dos juros não vai impactar a população brasileira é uma falácia. É evidente que os bancos passarão esse aumento para os correntistas, para quem usa cartão de crédito ou precisa do crédito bancário para empreender”, disse Rogério na tribuna da Câmara nesta quinta-feira (03).

Nero, citado pelo deputado federal e comparado ao governo do PT, é um ex-imperador romano “acusado” de ter colocado fogo em Roma. Os motivos para a atitude são diversos e, até hoje, não há nenhuma versão histórica totalmente comprovada. Alguns dizem que Nero teria ordenado o incêndio com o propósito de construir um complexo palaciano. Outros afirmam que o imperador queria apenas se inspirar poeticamente. Enquanto o fogo consumia a cidade, diz a lenda, Nero contemplava o cenário, tocando uma lira, seu instrumento musical.